Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Ferrari, Moacir e Kviatkoski propõem que Ceraçá auxilie Celesc

Publicado em 29/06/2017 às 15:57 - Atualizado em 29/06/2017 às 15:57

A demora na religação da energia elétrica aos usuários da Celesc levou os vereadores sulbrasilenses Antonio Kviatkoski, Claudimar Ferrari e Moacir Götz à uma audiência com a Celesc, em Florianópolis. O encontro teve participação do deputado estadual Cleiton Salvaro (PSB) e foi realizado na manhã desta terça-feira, 27, e na oportunidade apresentaram a demanda, ouviram a posição dos diretores de abastecimento e sugeriram que a Ceraçá preste o serviço à Celesc para recuperação da rede quando houver interrupções no fornecimento.

O autor e liderança da mobilização estadual que defende o fornecimento adequado de energia elétrica para a agricultura, vereador Claudimar Ferrari, comenta que esse pode ser um passo que dá uma solução mais imediata para as dificuldades enfrentadas pelos empresários rurais de Sul Brasil. “A questão da assistência para religação da energia está ineficiente e causa prejuízos grandes, quando recentemente propriedades ficam até 40 horas sem energia elétrica. A ordenha não é feita, o leite não refrigera e é jogado fora, frangos morem, e no geral os animais ficam adoecem e quem paga essa conta é o empresário rural. Apontamos ao diretor de abastecimento da Celesc, Pablo Carena, que a Celesc demora muito para enviar a equipe e religar a energia e sugerimos que esse atendimento de plantão seja feito pela Ceraçá, havendo uma parceria entre as instituições e sendo mais pontual quando a interrupção acontecer”, explica.  

O acordo entre Celesc e Ceraçá deve ser feito entre as partes, mas os vereadores concordam que a eficiência que a Ceraçá possui em seu trabalho é motivador para diminuir o período de interrupção de energia elétrica e consequentemente evitar prejuízos rurais.

Há participação constante de inúmeras lideranças estaduais, a quem os vereadores referenciam. “Nosso agradecimento aos deputados Altair Silva e Cleiton Salvaro que especialmente abraçam nossa luta e a luta de 80 mil famílias catarinenses. Outros parlamentares se juntam a esse ideal e vamos fazendo nossa parte de representar nosso povo e trabalhar por suas demandas”, destaca Ferrari.

Questão Celesc

O movimento criado em Sul Brasil está ganhando corpo no Estado, com participação de empresários rurais, vereadores, prefeitos e deputados de toda Santa Catarina. Na manhã desta quinta-feira, 29, ocorreu o seminário de eletrificação rural, na Alesc e a Celesc apresentou ao Estado um estudo para a conversão das redes elétricas de mono para trifásicas.