Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Vereadores propõem moção para inserção de disciplina de Constituição Federal no Ensino Médio

Publicado em 07/06/2017 às 10:12 - Atualizado em 07/06/2017 às 10:16

Uma iniciativa ousada foi tomada pela Câmara de Vereadores de Sul Brasil, apresentada e discutida com alunos e professores do Ensino Médio da EEB Hélio Wasun, na noite desta terça-feira, 06. O envio de uma moção para a União dos Vereadores de Santa Catarina (UVESC) foi aprovada e no teor pede a criação de uma disciplina específica de Constituição Federal na grade curricular.

A preocupação com o futuro do país motivou a moção, como explica o presidente legislativo, Moacir Götz. “Os jovens são sempre a próxima geração que conduzirá o país, o estado e o município, por esse motivo devem conhecer com mais profundidade o funcionamento politico-organizacional das três esferas. A inserção da disciplina de Constituição Federal estimulará o jovem a entrar na política mais cedo e de maneira consciente e com conhecimento dos direitos e deveres constitucionais dos cidadãos”, justifica o presidente.

Segundo o presidente, essa é uma iniciativa de uma Câmara de Vereadores pequena, mas que busca cumprir seu papel de representante da sociedade. “Não sabemos o efeito que a moção vai tomar, mas podemos garantir que vamos movimentar essa ideia buscando ainda parceria com outras câmaras e com nossa entidade representativa no estado, a Uvesc. Sabemos que essa atitude é uma semente plantada e que pode demorar alguns anos o seu cultivo, mas quando a colheita vier será um importante passo para a transformação positiva da sociedade”, completa.

Para incorporar o entendimento da moção, o assessor jurídico Felipe Tonatto e a secretária legislativa Lindamir Priscila da Veiga fizeram explanação sobre a Constituição Federal e sobre o funcionamento da Câmara de Vereadores, respectivamente.

O espaço para estudo da Constituição Federal na sala de aula já tramita na Câmara Federal por meio do Projeto de Lei 3380/2015, de autoria do senador Romário Faria (PSB-RJ). A moção dos vereadores sulbrasilenses apela medidas cabíveis para que a proposta seja encaminhada à votação. “A ideia surgiu com nós mesmos, mas no estudar o caso, descobrimos que já havia o projeto de lei em tramitação na Câmara Federal, então julgamos que o caminho mais próximo de alcançar o objetivo da moção é que a Uvesc use sua força para tomar a medida cabível e articular a votação desse projeto de lei na Câmara Federal”, explica Moacir Götz.

O diretor da EEB Hélio Wasun, Heli José Hübner, agradeceu a iniciativa do presidente Moacir Götz e apoio dos demais vereadores em trazer para a escola uma sessão legislativa. “Muitos alunos que estudam aqui já tiveram a oportunidade de votar, de definir as pessoas e as propostas que darão rumo ao município, estado e país. O peso do povo é o peso de escolher os representantes das ações que nós queremos para que o lugar onde vivemos seja melhor. Muito além de votar, o jovem precisa estar preparado para ser votado e ser um representante digno da sociedade. A proximidade do Poder Legislativo com os jovens e comunidade em geral mostra que há interação, que está sendo dado o espaço para as pessoas participarem e ajudarem decidir o que querem para o lugar onde vivem. Deixo o muito obrigado da direção, professores, colaboradores da educação, pais e alunos e dou os parabéns aos vereadores por estarem novamente em nossa escola”, salienta o diretor.

Para finalizar a sessão, o presidente Moacir Götz deixou o convite para que os alunos e sua família compareçam nas sessões, que acontecem todas as terças-feiras, às 19h, na Câmara de Vereadores, junto à prefeitura. 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar